_Ana Moura
_Best Youth
_Deolinda
_Emmy Curl
_GNRation
_Linda Martini
_PAUS
_Pedro Abrunhosa
_Peixe : Avião
_Prana
_We Trust
_Ana Moura

Ana Moura nasceu em Santarém e cedo desenvolveu gosto por vários estilos musicais, mas o fado foi sempre uma presença constante. No final da sua adolescência, numa festa de Natal, vários fadistas e guitarristas tiveram oportunidade de ouvi-la, entre os quais a Maria da Fé que a convidou para fazer parte do elenco da sua casa de fados, o Sr. Vinho.

2003 é editado o seu primeiro disco “Guarda-me a Vida na Mão” que recebe os mais rasgados elogios . É por esta altura que Ana Moura começa as suas digressões pelo mundo fora tendo atuado no prestigiado Town Hall, nos Estados Unidos.

“Aconteceu”, o seu segundo disco, é editado em 2004 e recebe um convite para atuar no célebre Carnegie Hall, de Nova Iorque, em Fevereiro de 2005, tornando-se assim na primeira cantora portuguesa a atuar na mítica sala nova-iorquina.
O seu disco “Aconteceu” foi nomeado para um dos mais prestigiados prémios da World Music – os Edison Awards.

Surge o convite de Tim Ries (saxofonista dos Rolling Stones e que ficou encantado com a voz de Ana Moura através de um disco que encontrou no Japão) para participar no 2º volume da colectânea “The Rolling Stones Project”. Ana Moura viria a ser surpreendida com um convite dos Stones para subir ao palco do Estádio Alvalade XXI, e, perante mais de 30 mil pessoas, canta com Mick Jagger a sua versão de “No Expectations”. Desta amizade surge a participação de Tim Ries (participação em “A Sós Com a Noite” e a autoria de “Velho Anjo”) naquele que viria a ser o terceiro trabalho de Ana Moura.

O ano de 2008 começa com uma tournée europeia e é lhe atribuído o galardão de Disco de Platina, referente e a 20 mil discos vendidos. Em Março, Ana Moura continua com as apresentações ao vivo, desta vez com mais uma tournée pelos Estados Unidos e México, onde a crítica foi unânime em confirmar o seu talento.
Em Maio é distinguida com o Prémio Amália para Melhor Intérprete 2007, atribuído pela Fundação Amália Rodrigues.

Em 2009 o norte-americano Prince confessa-se fã da fadista, mostrando interesse em colaborar musicalmente com Ana, vindo a fazê-lo no Festival de Verão, Super Bock Super Rock, em 2010.
O seu último disco “Leva-me aos Fados”, lançado a 12 de Outubro de 2009 já é Disco de Platina, continuado no Top 10 dos discos mais vendidos.

A 23 de Maio de 2010, nos “Globos de Ouro” recebe o globo de “Melhor Intérprete Individual”.

A 17 de Março de 2011, Ana Moura foi nomeada para “Best Artist Of The Year”, um dos importantes prémios da prestigiada revista inglesa de música Songlines.

Atualmente a fadista encontra-se em digressão do seu mais recente álbum “Desfado”, que chegou às lojas a 12 de Novembro e veio trazer toda uma nova sonoridade ao Fado, incluindo a interpretação de três temas em Inglês.
 
www.anamoura.com.pt
facebook twitter myspace
   
     
  © 2018 Sideffects, Lda. - All Rights Reserved

Created and Developed by
 
  parceiros
 
Sons em Trânsito Primeira Linha Lisboa Agencia Pad Online Gnration Meifumado Mad4ideas